re-dor



Além do que se vê

Memória e tempo são as palavras chave de re-dor. A pretensão do fotógrafo Marcelinho Hora, disposto a reunir as principais referências aglutinadas ao próprio olhar na (re) construção de um universo imaterial, afetivo e poético, vem ganhando forma nas postagens realizadas no blog do projeto.
Em re-dor, a sugestão do impalpável, as sinapses e insights do fotógrafo. Mais do que o instante, o pensamento.